terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

VIOLENCIA URBANA

 

Rapaz que defendeu mendigo recebe 63 pinos no rosto.



O estudante de desenho industrial Vítor Suarez Cunha, 21, foi espancado na madrugada desta quinta-feira (2), na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro,  ao tentar proteger um mendigo que estava sendo agredido a chutes por cinco jovens. Vítor está internado com fraturas na face em uma clínica particular e terá que ser submetido a uma cirurgia.

Quando Vítor se aproximou dos agressores para tentar evitar a agressão ao morador de rua, começou a levar chutes e socos no rosto e acabou caindo ao chão. O amigo de Vítor, Kléber Carlos Silva, jogou-se sobre ele para protegê-lo.

“Eu ainda reconheci um deles, e disse que a gente estava sempre por lá. Disse que era uma covardia o que eles estavam fazendo. Ainda tentei defender meu rosto com o braço. Até que acabei desacordando”, contou Vítor à reportagem do “Extra”.

Kléber reconheceu dois dos agressores e revelou os nomes aos policiais, em depoimento. Os rapazes negaram as agressões. Os cinco seriam de classe média.

A MALDADE ANDA SOLTA NOS DIAS DE HOJE

DOIS ATOS DE VIOLÊNCIA COM OS MESMOS AGRESSORES.

PRIMEIRO A AGRESSÃO AO MENDIGO .

SEGUNDO A PESSOA QUE FOI DEFENDER, TENTAR EVITAR AQUELA BARBARIDADE, TAMBÉM FOI AGREDIDA..

CINCO JOVENS DE CLASSE MÉDIA CONTRA UM.

 PREVALECIMENTO, COVARDIA, FALTA DE CARÁTER E TUDO MAIS QUE SE QUISER ADICIONAR PARA DEFINÍ-LOS.

HOMENS QUE PRECISAM SE JUNTAR EM GRUPO PARA EXTERNAR SUAS FRUSTRAÇÕES, POIS SOZINHOS NÃO TEM A CORAGEM PARA ENFRENTA-LAS. 

NORMALMENTE PRECISAM DE MAIS ALGUÉM PARA FICAREM VALENTES E SE ACHAREM DONOS DO MUNDO AO SEU REDOR.

ISTO É BEM PRÓPRIO DOS DIAS DE HOJE, DE NOSSA MENTALIDADE ATUAL DE ACHAR QUE TEMOS DIREITOS E LIBERDADE PARA FAZERMOS O QUE QUISERMOS.

ESTES JOVENS SÃO CONHECIDOS E FORAM IDENTIFICADOS PELA VÍTIMA.

O QUE VOCÊ ACHA QUE VAI ACONTECER COM ELES?

DEPENDENDO DA SITUAÇÃO FINANCEIRA DA FAMÍLIA E DO PARENTESCO QUE TIVEREM, PROVAVELMENTE NADA ACONTECERÁ.

SE A MÍDIA DER MUITA  ATENÇÃO PARA O ASSUNTO, PROVAVELMENTE ELES SEJAM INDICIADOS.

SE FOREM JULGADOS CULPADOS, E NÃO TIVEREM PASSADO CRIMINOSO , PROVAVELMENTE,  RESPONDERÃO  EM LIBERDADE OU ENTÃO TROCARÃO A PENA POR PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS A COMUNIDADE OU PAGARÃO ALGUMAS CESTAS BÁSICAS E FICARÁ TUDO CERTO.

NOSSAS LEIS SÃO MUITO BRANDAS COM A VIOLÊNCIA URBANA.


              

Um comentário:

  1. Desejo que os criminosos sejam punidos com devido rigor, que o corajoso Vítor Suarez Cunha veja justiça e sinta que sua atitude valeu a pena. Que este caso sirva de exemplo para desestimular futuras agressões. Obrigado Vítor.

    ResponderExcluir