sábado, 29 de setembro de 2012

EU TE AMO - FICOU VULGARIZADO?????

Aos meus amores.


"O problema é que as pessoas dizem "EU TE AMO" mas esquecem daquele bilhetinho de 'BOM DIA!
Daquela mensagem de "BOA NOITE" estou com saudade, Esquecem de perguntar se você esta bem, assim sabe, só por perguntar mesmo.
Esquecem do abraço sem pretexto,
Do PRESENTE FORA DE ÉPOCA,
Esquecem de dar atenção nos detalhes e isso, faz com que esse "EU TE AMO" perca o valor,
Por que o AMOR não se alimenta de palavras, se alimenta de atitudes."


Recebi esta frase e fiquei imaginando:

AMAR é fácil.

Demonstrar que amamos é  normalmente difícil.

Nunca temos tempo de abraçar quem amamos, sem motivo algum.

Nossa rotina nos faz esquecer quão importante são nossos amores, sejam eles,esposa, filhos, netos pais, amigos.

Presentear fora de época então é impensável.

Ligar para saber se está tudo bem não custa nada.

Pessoal, agora nestes tempos de comunicação instantanea,  é fácil
deixar um recadinho no Msn, Orkut, Facebook, E-mail.

Costumamos dizer "automáticamente"  TE AMO.

Será que ama mesmo?

Então prove.



quinta-feira, 27 de setembro de 2012

A QUARTA COPIA

 
COMENTÁRIO

A quarta cópia, por Ricardo Noblat

Dá-se a prudência como característica marcante dos mineiros.
Teria a ver, segundo os estudiosos, com a paisagem das cidadezinhas de horizonte limitado, os depósitos de ouro e de pedras preciosas explorados no passado até se esgotarem, e a cultura do segredo e da desconfiança daí decorrente.
Não foi a imprudência que afundou a vida de Marcos Valério. Foi Roberto Jefferson mesmo ao detonar o mensalão.
Uma vez convencido de que o futuro escapara definivamente ao seu controle, Valério cuidou de evitar que ele se tornasse trágico.
Pensou no risco de ser morto. Não foi morto outro arrecadador de recursos para o PT, o ex-prefeito Celso Daniel, de Santo André?
Pensou na situação de desamparo em que ficariam a mulher e dois filhos caso fosse obrigado a passar uma larga temporada na cadeia. E aí teve uma ideia.
 
Ainda no segundo semestre de 2005, quando Lula até então insistia com a lorota de que mensalão era Caixa 2, Valério contratou um experiente profissional de televisão para gravar um vídeo.
Poderia, ele mesmo, ter produzido um vídeo caseiro. De princípio, o que importava era o conteúdo. Mas não quis nada amador.
Os publicitários de primeira linha detestam improvisar. Valério pagou caro pelo vídeo do qual fez quatro cópias, e apenas quatro.
Guardou três em cofres de bancos. A quarta mandou para uma das estrelas do esquema do mensalão, réu do processo agora julgado pelo Supremo Tribunal Federal.
Renilda, a mulher dele, sabe o que fazer com as três cópias. Se Valério for encontrado morto em circunstâncias suspeitas ou se ele desaparecer sem dar notícias durante 24 horas, Renilda sacará dos bancos as três cópias do vídeo e as remeterá aos jornais O Estado de São Paulo, Folha de S. Paulo e O Globo. (Sorry, VEJA!)
O que Valério conta no vídeo seria capaz de derrubar o governo Lula se ele ainda existisse, atesta um amigo íntimo do dono da quarta cópia.
Na ausência de governo a ser deposto, o vídeo destruiria reputações aclamadas e jogaria uma tonelada de lama na imagem da Era Lula. Lama que petrifica rapidinho.
A fina astúcia de Valério está no fato de ele ter encaminhado uma cópia do vídeo para quem mais se interessaria por seu conteúdo. Assim ficou provado que não blefava.
Daí para frente, sempre que precisou de ajuda ou consolo, foi socorrido por um emissário do PT. Na edição mais recente da VEJA, Valério identifica o emissário: Paulo Okamotto.
Uma espécie de tesoureiro informal da família Lula da Silva, Okamotto é ligado ao ex-presidente há mais de 30 anos.
No fim de 2005, um senador do PT foi recebido por Lula em seu gabinete no Palácio do Planalto. Estivera com Valério antes. E Valério, endividado, queria dinheiro. Ameaçava espalhar o que sabia.
Lula observou em silêncio a paisagem recortada por uma das paredes envidraçadas do seu gabinete. Depois perguntou: "Você falou sobre isso com Okamotto?"
O senador respondeu que não. E Lula mais não disse e nem lhe foi perguntado. Acionado, Okamotto cumpriu com o seu dever. Pulou-se outra fogueira. Foram muitas as fogueiras.
Uma delas foi particularmente dramática.
Preso duas vezes, Valério sofreu certo tipo de violência física que o fez confidenciar a amigos que nunca, nunca mais voltará à prisão. Prefere a morte.
Valério acreditou que o prestígio de Lula seria suficiente para postergar ao máximo o julgamento do processo do mensalão, garantindo com isso a prescrição de alguns crimes denunciados pela Procuradoria Geral da República.
Uma eventual condenação dele seria mais do que plausível. Mas cadeia? E por muito tempo?
Impensável!
Pois bem: o impensável está se materializando. E Valério está no limiar do desespero.
Eu já vi este filme.
Já houve um cara que sabia demais, que também era um arquivo vivo e acabou sendo assassinado.
Lembram  do PC FARIAS?????
Amigos parece coisa de filme da máfia, cópia de fitas para garantir a segurança dos envolvidos.

Quanto ao julgamento do "Mensalão", vai se arrastando mes a fora, e até agora só os considerados "menores" estão sendo condenados  por lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

Estou esperando a condenação dos "JOSÉS" - DIRCEU E GENOINO - para mim os maiores responsáveis

AGUARDEMOS.

terça-feira, 11 de setembro de 2012

PAIS OU AMIGOS DOS FILHOS?

Filhos.

Como criá-los?!

Não exite manual. Difícil sempre foi essa missão.

No mundo de hoje, ensiná-los a cultivar valores, respeito e honestidade...

Como agir?

Meus amigos, este tema sempre me fez pensar.

Ser pai ou ser amigo dos filhos?

Devemos ser as duas coisas, sabendo mesclar as ocasiões, ou seja, sendo amigos e invariavelmente sendo pais.

Noto, hoje em dia, que os pais estão mais preocupados em ser amigos dos filhos do que propriamente pais.

Amigos são para nos dar força nas horas boas e más, normalmente tem a mesma idade e pensam do mesmo jeito.

Amigos jovens pensam como jovens, numa boa, muitas vezes inconsequentemente.

Pais, por já terem mais experiência e saberem como as coisas funcionam, orientam, educam, impõem limites, ensinam valores, enfim, preparam para a vida.

Podemos, sim, ser amigos de nossos filhos uma vez que o filho deve ter nos pais uma confiança ilimitada e a certeza de que quando precisar poderá contar com eles incondicionalmente.

SEMPRE.

Principalmente, quando ainda são crianças, pequenos seres em formação e crescimento, o lado pai deve falar mais alto do que o lado amigo.

Digo isso, no sentido de falar, de ensinar,  dizer a criança com firmeza o que ela pode ou não fazer, o que é certo ou errado ao contrário de passar a mão por cima, em nome do amor, com medo de que o filho não lhe queira bem mais tarde.

É preferível ficarmos chateados por colocar nossos filhos de castigo ou impor-lhes alguma restrição, quando pequenos, do que chorarmos mais tarde por não te-los ensinado corretamente.

Peque pelo excesso, jamais pela omissão.

É difícil? -  sim

Dá  trabalho?  -  Muito

Mas lembre-se, nossos filhos  vem para nós para que os orientemos e os preparemos para o Mundo e
quando tivermos que prestar contas e a nós for perguntado:

- QUE FIZESTES COM OS FILHOS QUE TE DEI?

que possamos responder com o coração:
- Eu lhes dei estudo, educação, princípios e condições para que voassem livremente .

Seja amigo de seus filhos, mas antes de tudo seja pai, aquele que eternamente estará zelando e orientado-o quando as pedras do caminho aparecerem.






domingo, 2 de setembro de 2012

PÉROLAS DA CAMPANHA ELEITORAL PARA VEREADOR.

Recebi e resolvi publicar não sei se realmente é verdade, mas que "eles" tem uma criatividade incrível, não dá para duvidar.

SLOGANS DA CAMPANHA ELEITORAL PARA VEREADOR EM TODO O PAÍS:

 
10°lugar - Antônio Correia, Ourilândia do Norte-PA, com o bordão: 'Correia Neles !!!'
 
9º lugar - Guilherme Bouças, com o slogan: 'Chega de malas, vote em Bouças.'
 
8º lugar - Grito de guerra do candidato Lingüiça, lá de Cotia (SP). 'Lingüiça Neles!'
 
7º lugar - Em Descalvado (AL), tem um candidata chamada Dinha cujo slogan é: 'Tudo Pela Dinha.'
 
6º lugar - Em Carmo do Rio Claro, tem um candidato chamado Gê. 'Não vote em A, nem em B, nem
em C; na hora H, vote em Gê.'
 
5º lugar - Em Hidrolândia (GO), tem um candidato chamado Pé. 'Não vote sentado, vote em Pé.'
 
4º lugar - E em Piraí do Sul tem um gay chamado Lady Zu. 'Aquele que dá o que promete.'
 
3º lugar - A cearense chamada Debora Soft, stripper e estrela de show de sexo explícito. Slogan: 'Vote com prazer!'
 
2º lugar - Candidato a prefeito de Aracati (CE): 'Com a minha fé e as fezes de vocês, vou ganhar a eleição.'
 
1º lugar - Em Mogi das Cruzes (SP), tem um candidato chamado Defunto: 'Vote em Defunto, porque político bom é político morto!'

Tomara que eu receba mais pois estas "pérolas" estão por todo o país.
 
Que nível de candidatos, hein? 
 
E o pior . Correm o sério risco de se elegerem, pois nós povo brasileiro levamos tudo na gozação.
 
Votamos neles por "protesto". -  Lembram do TIRIRICA.
 
Por favor pessoal, eleição não é brincadeira, nosso voto é a única maneira que possuímos de mudar o que está aí, por isso escolha bem em quem votar.
 
Mesmo assim depois de muita escolha,

 OREMOS.