terça-feira, 4 de julho de 2017

ELEIÇÕES 2018 - O NOVO PREVALECERÁ?


AMIGOS

Recebi hoje, um Whats, com o comentário de Murillo de Aragão, O Estado de S.Paulo.

Ele diz:

"Uma das perguntas mais recorrentes em minhas palestras é: como e se o novo prevalecerá nas eleições de 2018. A pergunta parte do pressuposto de que existe um notável sentimento antipolítico na sociedade e que, a partir desta constatação, seria mais do que natural uma grande renovação do sistema politico." 
"Este sentimento antipolítico não se organizou para se expressar de forma competitiva". 

Concordo com ele com relação a indignação e quando ele diz que existem muitas dificuldades para que o novo prevaleça.

Distribuição de verbas do fundo partidário, tempo na televisão diferenciado, uso da máquina pública. Isto faz a diferença a favor dos partidos grandes.

Outra citação do Murilo Aragão:


“A resposta está  no trinômio participação-mobilização-redes sociais. Os críticos do sistema politico devem transformar sua critica em participação e a  participação em mobilização; Sem uma tomada de posição o sistema continuara mais ou menos como está – mudando pouco para não ter de mudar muito.”

Queremos mudanças na politica já para 2018;?

Então o que fazer?

INDIGNAÇÃO - MOBILIZAÇÃO - PARTICIPAÇÃO.

Este é o caminho. Vamos deixar nossa zona de conforto.  Está na hora de mostrarmos a toda a classe politica nossa indignação com tudo isto que está posto.

A grande maioria quer um PAÍS sem corrupção, com políticos NOVOS, com gente HONESTA.

Citando novamente Murillo de Aragão:

"Sem participação e mobilização nada de novo acontecerá A indignação com a politica será estéril”.

"O caminho para  alavancar uma candidatura que não esteja alinhada com o antigo será as redes sociais.”

Quem de nós não se utiliza de - Internet - WhatsApp - Facebook -  YouTube - Twitter

Já que não acontecem mais aqueles movimentos de rua, já que a situação não mudou em nada, ao contrario, piorou, pois ficamos sabendo que existem duas quadrilhas alojadas em Brasilia, sob a proteção de um judiciário conivente e complacente.

Vamos lá!!!

Vamos usar nossas redes sociais não só para brincadeiras e zoações com amigos, vamos aproveitar esta chance para com esperança e confiança conseguirmos um futuro melhor para nós, nossos filhos e netos.

Não esqueça as redes sociais são importantíssima na formação da opinião publica.

Então vamos usá-las com sabedoria também.

Faça sua parte. Mobilize-se,  comente, converse, envie e-mails. use sua rede social mostre sua opinião, ponha para fora, com civilidade e educação sua indignação com tudo isto que está posto aí.

Para finalizar novamente cito Murillo.

"A indignação com a politica ainda não se traduziu em participação e mobilização . Nem a politica tradicional da sinais de querer renovar-se nem os novos entrantes ainda dão sinais de querer efetivamente participar”

Grande abraço

Paulo Coimbra

Julho de 2017





Um comentário: